historia vinhos vinho champagne tinto historia do vinho . início I artigos I história do vinho I vinícolas I degustando I harmonização I acessórios I vídeos I contato
mercado de trabalho:
empregos

  Pesquisar:

 

História do Vinho

 

No século XX , a vitivinicultura evoluiu muito, acompanhando os avanços da tecnologia e da genética. O cruzamento genético das cepas das uvas, a formação de leveduras transgênicas e a produção mecanizada elevaram substancialmente a qualidade e o sabor do vinho, feito sob medida para agradar qualquer paladar.

História do Vinho

 

"O bom vinho é um camarada bondoso e de confiança, quando tomado com sabedoria."
- William Shakespeare

História do Vinho

A Itália também é conhecida como
Enótria - Terra do vinho.

a História do Vinho
Não podemos deixar de citar as descobertas sobre os microorganismos e a fermentação feitas por Louis de Pasteur, fundamentais para o desenvolvimento da enologia moderna.

Hoje o Aquecimento Global representa uma ameaça para a qualidade dos vinhos no mundo inteiro. O fenômeno já alterou o clima nas principais vinícolas do mundo.

História do Vinho

"... na Grécia o vinho é associado à mitologia, ao Deus Dionísio..."

História do Vinho

.A história do vinho, que remonta a mais de cinco mil anos antes de Cristo, é capaz de nos contar as delícias e as dores pelas quais passou a humanidade. Em inúmeras comemorações, de guerra ou de paz, lá estava ele. Historiadores apontam que a bebida já era degustada antes mesmo do surgimento da linguagem escrita. Os relatos de Noé, presentes na Bíblia, contam que ao sair da arca ele plantou uvas a fim de produzir vinho, com o qual se embriagou. Presente também na Santa Ceia, o vinho simboliza desde então o sangue de Jesus na cerimônia de Eucaristia.

Há indícios de que o vinho tenha surgido no sul da Ásia, mas, por razões religiosas, o cultivo de uvas fora abandonado em países como o Japão e China. A partir desta região, expandiu-se para a Europa e o Extremo Oriente. Durante a Idade Antiga, há registros de que no Império Romano se fez uso, pela primeira vez na história, de tonéis para o armazenamento e a conservação da bebida.

História do vinho: Baco
Antiga pintura representando o Deus do vinho: Baco

Os antigos gregos e romanos, jovens, homens e mulheres, especialmente aquelas em idade adequada para o acasalamento, saudavam o retorno da primavera, a estação da fertilidade, em rituais pagãos celebrando Dionísio (Grego) e Baco (Romano), o deus do vinho. A bebida era geralmente misturada à água antes de ser consumida e armazenada em recipientes como ânforas de barro de fraca vedação, o que permitia o contato da bebida com o ar.

   

Os egípcios também se dedicavam ao vinho, fato que fora comprovado em 1922 por estudiosos. Na tumba do jovem faraó Tutankamon (1371- 1352 a .C.) foram encontradas 36 ânforas de vinho. Algumas delas continham inscrições sobre a região onde fora produzido, a safra, nome do comerciante. Especialmente em uma havia até mesmo o seguinte comentário: "muito boa qualidade".

O período da Idade Média é marcado pela queda na produção e na qualidade dos vinhos, já que o cultivo das vinhas passa a ser voltado para os serviços religiosos. Mas já no final do século XVII, na Idade Moderna, esse contexto é modificado.

Atribui-se ao empenho do francês D. Pierre Pérignon, conhecido também como o criador da champanhe, a adoção generalizada do uso de garrafas e rolhas para os vinhos. Seria o momento da retomada da bebida. No século seguinte, mais descobertas interessantes foram feitas, como o aproveitamento de uvas apodrecidas para produção de vinhos mais doces.

A partir dos séculos XVI e XVII, as Américas também participaram do processo de expansão da cultura vinícola pelo mundo, por meio da colonização ibérica. Logo os vinhedos passaram a cobrir amplas áreas do sul do continente. E, nos séculos XIX e XX, novos países somaram-se aos tradicionais produtores de vinho.

Beber e degustar vinhos é uma arte cada vez mais acessível às pessoas. O interesse pela bebida vem crescendo em todo o mundo e especialmente no Brasil, onde já é possível encontrar bons exemplares produzidos em solo nacional de todos os preços e para todos os gostos.


"Nas vitórias é merecido, nas derrotas é necessário"
- Napoleão Bonaparte falando do Champagne

Compartilhe

 

 

início I artigos I história I vinícolas I degustando I harmonização I acessórios I vídeos I contato

Os Vinhos.com.br - Todos os direitos reservados © 2013